Início Portfolio Te Contei Bruna Almeida, rainha da São Clemente, preza nepotismo nas escolas

Bruna Almeida, rainha da São Clemente, preza nepotismo nas escolas

Para Bruna Almeida, carnaval é coisa séria – e de família! Ao contrário do que acontece na maioria das escolas de samba do Rio de Janeiro, a rainha de bateria da São Clemente é cria da casa há pelo menos 12 anos. “Desde os meus 10 anos de idade desfilava para a São Clemente na ala das crianças e aos 15 fui convidada para ser rainha de bateria”, conta. Hoje com 26 anos a moça participa do carnaval da agremiação desde que se entende por gente, já que é sobrinha do presidente. Contudo, ela conta que nunca pensou que um dia chegaria neste posto.

“Nem pensava em ser rainha, nem passava pela minha cabeça. Um dia estava ensaiando no Clube Sírio Libanês e o Renato [tio de Bruna] me chamou no palco me apresentando para todo mundo como rainha da São Clemente. Na hora não entendi nada”, recorda.

Quando questionada se isso acabou influenciando, ela dispara: “Nada mais justo que me chamar para ser rainha de bateria. A rainha tem que ser da comunidade ou da família”. E mesmo sendo da família, a cobrança é ainda maior. “Sempre levo um puxão de orelha. Sempre me falam: ‘Vai pra quadra, vai treinar'”, comenta.

Para Bruna o samba está no sangue. “Para ser uma boa rainha de bateria é preciso estar sempre presente como estou. Se falto a algum treino, é porque estou doente. A rainha tem que participar de tudo e ter sintonia com as outras pessoas da escola. Tem que saber lidar com todos’, conta. Além disso, Bruna acha que existe uma grande diferença entre as rainhas de bateria e uma musa. “A rainha tem que ser da ‘galera’, tem que ter a imagem de alguém que represente de verdade a escola. Já a musa tem um lado mais comercial”, explica.

Mesmo com tanta experiência no sambódromo, a rainha de bateria da São Clemente lembra de um fato emocionante na Avenida, porém triste. “No desfile de 2005 meu irmão estava muito doente e meu tio [atual presidente da escola] falou muitas coisas emocionantes sobre ele no microfone. Foi uma coisa que acabou emocionando todo mundo que estava na Sapucaí. Mas depois ele ficou melhor”.


Faltando quase dois meses para o carnaval, Bruna tem apenas uma ideia de como será sua fantasia. “Fui tirar as medidas na terça-feira, 18, mas ainda está só no desenho. Até agora sei que a fantasia será representando uma gladiadora, uma coisa bem metalizada, com as cores prata e preto”, adianta.

Por falar em medidas, a loura está de repouso. O motivo foram os 300 ml de silicone que colocou nos seios há duas semanas. “Estou de repouso, porque estouraram alguns pontos. Vou aos ensaios, assisto, mas não sambo”. Com 1,61 cm de altura e pesando 61 quilos, Bruna tem uma alimentação equilibrada para manter a saúde para o carnaval deste ano. “Faço academia e drenagem. Como trabalho na rua e não tenho tempo para outra coisa tento diminuir a comida. Paro de tomar refrigerante e quando está quente faço somente as refeições básicas. Às vezes não janto e como só uma torrada”, detalha.

entrevista-te-contei-bruna-almeida